Lavador de gases externo em Porto Alegre

Fabricamos o lavador de fumaça externo para ser utilizado em churrasqueiras, cozinhas e diversos tipos de emissores de gases que necessitam de uma limpeza antes de serem jogados na atmosfera.

O Lavador externo é fabricado em aço inox 304 soldado com TIG. Quanto ao seu funcionamento, permite que 80% dos reziduos jogados na atmosfera sejam precipitados junto a água de recirculação, que deverá ser jogada em uma caixa de gordura ou dependendo do poluente, encaminhado em frasco apropriado a terceiros que farão a reciclagem e descarte adequado do poluente.

Lavador Gases Externo Porto Alegre

Utilizado em churrasqueiras

Utilizado em coifas de cozinhas

Utilizado em projetos especiais

Os produto são desenvolvido pela Dambrós permitindo maior agilidade na fabricação e instalação dos materiais. Faça um orçamento de lavador industrial é grátis! Clique aqui

O Lavador de Fumaça Dambrós é um equipamento robusto, fabricado em aço inox ANSI 304 na espessura de 1,2mm, possui entrada de ar na lateral com diâmetro de 500mm. O lavador possui um exaustor de diâmetro 600mm trifásico com 1,5cv 6 polos. Pouco antes do exaustor o lavador libera um esguicho forte de água como um chuveiro com vários bicos pulverizadores “sprays” que reutiliza a água através de uma motobomba de 0,5cv e 20mca com retroalimentação.

O lavador capta a fumaça e lava os gases emitidos pela churrasqueira, removendo cerca de 80% da fuligem, gordura, resíduos, fumaça preta e o calor. Reduz significativamente o cheiro dos alimentos, podendo ser adicionado ao reservatório cerca de 200ml de pinho para melhorar questões de cheiro.

A água do reservatório deve ser trocada periodicamente conforme a sujidade e uso do equipamento. Sugerimos a renovação da água do reservatório de forma semanal, para que o cheiro exalado não seja um problema, quanto mais limpa a água, mais eficiente o sistema. A água deve ser despejada em uma caixa de gordura antes do sistema de drenagem convencional. O lavador de fumaça é adequado às normas ambientais (resolução 436 do conama) e da segurança do trabalho nr-10/nr-12. 

O objetivo do lavador é melhorar a qualidade do ar e a poluição externa para a vizinhança, bem como amenizar a sujeira de gordura, fuligem e resíduos nos dutos e telhados ao expor os gases para a atmosfera.

A Dambrós atesta a qualidade do equipamento que já foi utilizado em diversos locais e estabelecimentos comerciais e industriais onde a medição dos gases exalados são de constante vigilância e acompanhamento. O equipamento já foi dimensionado e melhorado durante os anos de experiência e uso do equipamento para melhorar a qualidade do ar para nosso planeta.

Importante: O lavador não elimina completamente a fumaça ou os gases. Alguns gases com mau cheiro também poderão continuar passando pelo lavador, portanto ainda é necessário que a tubulação após o lavador seja descartada a uma altura que não interfira no bem estar da sociedade que por ventura viver nos arredores do empreendimento.

Importante: Todo sistema de exaustão deve ter um sistema de combate a incêndio próprio e autônomo. O sistema de exaustão deve ser lavado constantemente de acordo com o grau de sujidade pelo uso no empreendimento, NÃO pode conter gordura nas coifas, tubulações e nas paredes do lavador. Jamais coloque fogo de forma voluntária no sistema afim de queimar a gordura, isso danificará o produto e poderá causar um grande acidente.

A Engenharia Dambrós, por meio desta nota, vem informar aos seus clientes os riscos de algumas práticas observadas durante o mau uso de alguns produtos.

  • Atear fogo na coifa e tubulações quando utilizado em churrasqueiras:

Com a finalidade de baratear os custos com a limpeza, algumas empresas têm optado por atear fogo nos dutos de exaustão de gases criando uma cultura errada nos profissionais assadores.

Esta é uma prática comum de churrasqueiros, que não deve ser realizada em hipótese alguma em qualquer um de nossos produtos. Mesmo que muitas peças dos dutos sejam metálicas, não são projetadas para a exposição direta ao fogo, sem contar as inúmeras peças não metálicas que podem propagar chamas, como as aletas dos exaustores (compósitos de fibra de vidro), acopladores anti-vibração (lonas de tecido sintético) e partes elétricas. Esta prática espoe a riscos destrutivos a todo sistema de exaustão, sem contar as inúmeras ocasiões em que esta prática poderá sair do controle gerando acidentes mais graves as pessoas e danos ao estabelecimento como incêndio.

  • Todo sistema de coifas, dutos e exaustores, deve conter sistema de combate a incêndio como damper corta fogo, alarme de incêndio e sistema de supressão de incêndio para que o sistema de forma automática elimine qualquer possibilidade de acidente por parte de fogo ou chamas. Salientando que a fogo neste tipo de sistema inicia por uma chama ou centelha que em contato com a gordura da tubulação e forte circulação do ar, cria uma situação perfeita para a propagação do fogo, por isso, informamos da necessidade de limpeza das coifas, canos e lavadores de forma constante analisando o grau de sujidade de cada empreendimento.

A Dambrós, com a finalidade de alertar seus clientes informa que a correta limpeza do sistema de exaustão é fundamental para o perfeito funcionamento e a garantia de um longo período de uso.

 

  • Nas linhas de coifas lavadoras, a correta limpeza é feita a partir da troca quinzenal completa da água do reservatório circulante do sistema (atentando a correta eliminação dos líquidos, uma vez que a presença de óleos torna-se um fluido contaminado que precisa ser eliminado por meio de caixa de gordura ou empresa especialidade de coleta de resíduos). Aliado a limpeza completa dos dutos, sendo eles lavados com o auxílio de máquinas de lavagem sob pressão e o emprego de desengordurantes industriais biodegradáveis (atentando ao correto enxague do produto ao final da limpeza).

Alguns projetos de lavadores e churrasqueiras que já fizemos!

Shares
Share This